Superando o hábito de atrasar tarefas importantes

Como parar de procrastinar

É sexta-feira à tarde e o relógio está correndo. Você está trabalhando furiosamente para concluir uma tarefa antes do prazo das cinco horas, enquanto se xinga silenciosamente por não ter começado antes.

Como isso aconteceu? O que deu errado? Por que você perdeu seu foco?

Bem, houve as horas que você gastou relendo e-mails e checando as redes sociais, a excessiva “preparação”, os intervalos para o café e o tempo gasto em outras tarefas que você poderia ter deixado com segurança para a próxima semana.

Soa familiar? Se sim, você não está sozinho!

A procrastinação é uma armadilha na qual muitos de nós caímos. Na verdade, de acordo com o pesquisador e palestrante Piers Steel, 95% de nós procrastinam em algum grau. Embora possa ser reconfortante saber que você não está sozinho, pode ser preocupante perceber o quanto isso pode impedi-lo.

Procrastinação é o mesmo que preguiça?

Como parar de procrastinar

A procrastinação costuma ser confundida com preguiça, mas são muito diferentes.

A procrastinação é um processo ativo – você escolhe fazer outra coisa em vez da tarefa que sabe que deveria fazer. Em contraste, a preguiça sugere apatia, inatividade e falta de vontade de agir.

A procrastinação geralmente envolve ignorar uma tarefa desagradável, mas provavelmente mais importante, em favor de uma que seja mais agradável ou mais fácil.

Mas ceder a esse impulso pode ter consequências graves. Por exemplo, até episódios menores de procrastinação podem nos fazer sentir culpados ou envergonhados. Pode levar à redução da produtividade e fazer com que deixemos de alcançar nossos objetivos.

Se procrastinarmos por um longo período de tempo, podemos ficar desmotivados e desiludidos com nosso trabalho, o que pode levar à depressão e até mesmo à perda do emprego, em casos extremos.

Como Superar a Procrastinação

Como acontece com a maioria dos hábitos, é possível superar a procrastinação. Siga as etapas abaixo para ajudá-lo a lidar com e prevenir a procrastinação:

Etapa 1: reconhecer que você está procrastinando

Você pode estar adiando uma tarefa porque teve que priorizar novamente sua carga de trabalho. Se você está atrasando brevemente uma tarefa importante por um motivo genuinamente bom, não está necessariamente procrastinando. No entanto, se você começar a adiar as coisas indefinidamente ou mudar o foco porque deseja evitar fazer algo, então provavelmente está.

Você também pode estar procrastinando se:

  • Preencha o seu dia com tarefas de baixa prioridade.
  • Deixe um item na sua lista de tarefas por muito tempo, mesmo que seja importante.
  • Leia os e-mails várias vezes sem tomar uma decisão sobre o que fazer com eles.
  • Comece uma tarefa de alta prioridade e depois saia para fazer um café.
  • Preencha o seu tempo com tarefas sem importância que outras pessoas lhe pedem para fazer, em vez de continuar com as tarefas importantes que já estão em sua lista.
  • Espere estar de “bom humor” ou espere o “momento certo” para realizar uma tarefa.

Etapa 2: descobrir por que você está procrastinando

Você precisa entender os motivos pelos quais está procrastinando antes de começar a enfrentá-lo.

Por exemplo, você está evitando uma tarefa específica porque a acha chata ou desagradável? Nesse caso, tome medidas para tirá-lo do caminho rapidamente, para que você possa se concentrar nos aspectos de seu trabalho que você acha mais agradáveis.

A má organização pode levar à procrastinação. Pessoas organizadas superam isso com sucesso porque usam listas de tarefas prioritárias e criam agendas eficazes. Essas ferramentas ajudam você a organizar suas tarefas por prioridade e prazo.

Mesmo se você for organizado, ainda pode se sentir oprimido por uma tarefa. Talvez você tenha dúvidas sobre sua capacidade e esteja preocupado com o fracasso, então você adia e busca conforto em fazer um trabalho que você sabe que é capaz de completar.

Algumas pessoas temem o sucesso tanto quanto o fracasso. Eles acham que o sucesso os levará a serem inundados com pedidos para assumir mais tarefas.

Surpreendentemente, os perfeccionistas costumam ser procrastinadores. Freqüentemente, eles preferem evitar fazer uma tarefa para a qual acham que não têm as habilidades necessárias, do que fazê-la de maneira imperfeita.

Outra causa importante de procrastinação é a má tomada de decisão. Se você não consegue decidir o que fazer, provavelmente irá adiar a ação caso faça a coisa errada.

Aviso:
Para algumas pessoas, a procrastinação é mais do que um mau hábito; é um sinal de um sério problema de saúde latente. Por exemplo, TDAH, TOC, ansiedade e depressão estão associados à procrastinação.
Além disso, a pesquisa sugere que a procrastinação pode ser uma causa de estresse e doenças graves. Portanto, se você sofre de procrastinação crônica ou debilitante, uma dessas condições pode ser a culpada, e você deve procurar o conselho de um profissional treinado.

Etapa 3: adote estratégias anti-procrastinação

A procrastinação é um hábito – um padrão de comportamento profundamente enraizado. Isso significa que você provavelmente não pode quebrá-lo durante a noite. Os hábitos só deixam de ser hábitos quando você evita praticá-los, então tente o máximo possível das estratégias abaixo para ter a melhor chance possível de sucesso.

  • Perdoe-se por procrastinar no passado. Estudos mostram que o perdão a si mesmo pode ajudá-lo a se sentir mais positivo sobre si mesmo e reduzir a probabilidade de procrastinação no futuro.
  • Comprometa-se com a tarefa. Concentre-se em fazer, não em evitar. Anote as tarefas que você precisa realizar e especifique um horário para realizá-las. Isso o ajudará a lidar proativamente com seu trabalho.
  • Prometa a si mesmo uma recompensa. Se você concluir uma tarefa difícil a tempo, recompense-se com uma guloseima, como uma fatia de bolo ou um café de sua cafeteria favorita. E certifique-se de notar como é bom terminar as coisas!
  • Peça a alguém para verificar você. A pressão dos pares funciona! Este é o princípio por trás dos grupos de autoajuda. Se você não tem a quem perguntar, uma ferramenta online como o Procraster pode ajudá-lo a se automonitorar.
  • Haja como você está. Realize as tarefas assim que surgirem, em vez de deixá-las crescer mais um dia.
  • Reformule seu diálogo interno. As frases “preciso” e “devo”, por exemplo, implicam que você não tem escolha no que fazer. Isso pode fazer você se sentir impotente e pode até resultar em auto-sabotagem. No entanto, dizer “Eu escolho” implica que você possui um projeto e pode fazer você se sentir mais no controle de sua carga de trabalho.
  • Minimize as distrações. Desligue seu e-mail e redes sociais e evite sentar-se perto de uma televisão enquanto trabalha!
  • Procure começar, todos os dias! Tire as tarefas que você acha menos agradáveis do caminho mais cedo. Isso lhe dará o resto do dia para se concentrar no trabalho que você achar mais agradável.
Dica:
Uma abordagem alternativa é abraçar "a arte do atraso". A pesquisa mostra que a "procrastinação ativa" - isto é, atrasar deliberadamente o início de algo para que você possa se concentrar em outras tarefas urgentes - pode fazer você se sentir mais desafiado e motivado para fazer as coisas. Essa estratégia pode funcionar muito bem se você for uma pessoa que prospera sob pressão.
No entanto, se você decidir procrastinar ativamente, evite colocar seus colegas de trabalho sob qualquer pressão desnecessária, desagradável e indesejada!

Se você está procrastinando porque acha uma tarefa desagradável, tente se concentrar no “jogo longo”. A pesquisa mostra que as pessoas impulsivas têm maior probabilidade de procrastinar porque se concentram no ganho de curto prazo. Combata isso identificando os benefícios de longo prazo de completar a tarefa. Por exemplo, isso poderia afetar sua avaliação de desempenho anual ou bônus de final de ano?

Outra maneira de tornar uma tarefa mais agradável é identificar as consequências desagradáveis ​​de evitá-la. Por exemplo, o que acontecerá se você não concluir o trabalho? Como isso pode afetar seus objetivos pessoais, de equipe ou organizacionais?

Ao mesmo tempo, pode ser útil reformular a tarefa examinando seu significado e relevância. Isso aumentará seu valor para você e fará com que seu trabalho valha mais a pena. Também é importante reconhecer que muitas vezes podemos superestimar o caráter desagradável de uma tarefa. Então dê uma chance! Você pode descobrir que não é tão ruim quanto você pensava, afinal!

Se você procrastina porque é desorganizado, aqui estão seis estratégias para ajudá-lo a se organizar:

  1. Mantenha uma lista de tarefas pendentes. Isso evitará que você se esqueça “convenientemente” dessas tarefas desagradáveis ou opressivas.
  2. Priorize sua lista de tarefas usando o princípio urgente / importante. Isso permitirá que você identifique rapidamente as atividades nas quais deve se concentrar, bem como aquelas que você pode ignorar.
  3. Torne-se um mestre em agendamento e planejamento de projetos. Se você tem um grande projeto ou vários projetos em andamento e não sabe por onde começar, essas ferramentas podem ajudá-lo a planejar seu tempo com eficácia e reduzir seus níveis de estresse.
  4. Enfrente as tarefas mais difíceis em seus horários de pico. Você trabalha melhor de manhã ou à tarde? Identifique quando você é mais eficaz e execute as tarefas que achar mais difíceis nesses momentos.
  5. Defina metas com limite de tempo. Definir prazos específicos para concluir tarefas o manterá no caminho certo para atingir seus objetivos e significará que você não terá tempo para procrastinação!
  6. Use aplicativos de gerenciamento de tarefas e tempo. Existem inúmeros aplicativos desenvolvidos para ajudá-lo a ser mais organizado.

Se você está propenso a atrasar projetos por considerá-los opressores, tente dividi-los em partes mais gerenciáveis. Organize seus projetos em tarefas menores e concentre-se em iniciá-los, em vez de concluí-los.

Em seu livro de 2011, “The Procrastination Cure”, Jeffery Combs sugere lidar com tarefas em intervalos de 15 minutos de atividade. Alternativamente, você pode criar um Plano de Ação para organizar seu projeto. Comece com tarefas rápidas e pequenas primeiro. Essas “pequenas vitórias” darão a você uma sensação de realização e farão você se sentir mais positivo e menos sobrecarregado com o projeto ou meta maior em que está trabalhando.

Pontos chave de Como parar de procrastinar

Procrastinação é o hábito de atrasar uma tarefa importante, geralmente concentrando-se em atividades menos urgentes, mais agradáveis e mais fáceis. É diferente da preguiça, que é a falta de vontade de agir.

A procrastinação pode restringir seu potencial e prejudicar sua carreira. Também pode atrapalhar o trabalho em equipe, reduzir o moral e até mesmo levar à depressão e à perda do emprego. Portanto, é fundamental tomar medidas proativas para evitá-lo.

O primeiro passo para superar a procrastinação é reconhecer que você está fazendo isso. Em seguida, identifique as razões por trás de seu comportamento e use estratégias adequadas para gerenciá-lo e superá-lo.

Espero que você tenha gostado deste post! Se você gostou, deixe um comentário abaixo e compartilhe. 😀

Você deseja criar um Negócio Online de Sucesso?

Acesse o E-book gratuito agora e saiba como.
100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!